Falando sobre Dinheiro

Como se Calcula o Imposto de Renda e Quem Vai Pagar em 2023?

No começo do ano já é o tempo onde muitas pessoas perguntam como se calcula o imposto de renda. E é natural questionamentos surgirem, pois entre os meses de março e abril, comumente é o tempo de declarar o imposto de renda.

No ano passado (2022) o prazo para declaração foi prorrogado devido ao fato de que muitos brasileiros ainda não haviam declarado até o fim de abril.

Todos os anos, mais de 30 milhões de brasileiros tem que se organizar para fazer essa declaração a receita federal. Com os recursos do aplicativo, muitos fazem de casa mesmo.

Já outros, pagam um contador habilitado para que eles se encarreguem de fazer a declaração. Mas você sabe como se calcula o imposto de renda? Se não, hoje você vai descobrir.

O Imposto de Renda no Brasil

O Imposto de Renda no Brasil foi criado em 1922, durante o governo de Epitácio Pessoa, com o objetivo de arrecadar fundos para a República.

Na época, a alíquota era de 1% para rendimentos acima de 1.500$00 réis e 2% para rendimentos acima de 2.500$00.

A partir de então, o Imposto de Renda passou por diversas mudanças e aumentos de alíquotas, sendo que a partir da década de 60 passou a ser usado como uma ferramenta para combater a inflação.

Em 1996, foi criado o Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS), que são impostos que incidem sobre a receita das empresas.

Atualmente, o Imposto de Renda é uma das principais fontes de arrecadação do governo brasileiro e é regulamentado pela Instrução Normativa RFB n° 1.717/2017.

Entendemos um pouco da origem, mas como se calcula o imposto de renda é outro ponto que muita gente pensa.

Então vamos entender, pois da próxima vez que alguém lhe perguntar: como eu faço meu imposto de renda? Aí você saberá o que fazer.

Como se Calcula o Imposto de Renda da Pessoa Física

O objetivo aqui é explicar de forma simplificada sobre como se calcula o imposto de renda, então, vou fazer um exemplo com os seis critérios base, para ficar de fácil compreensão e também não ficar massivo e chato de ler.

Para entender como se calcula o imposto de renda é preciso citar primeiros os parâmetros. Esses valores serão para cálculo do imposto de renda pessoa física, e os parâmetros são os seguintes:

  • Rendimento;
  • Dedução Simplificada/completa;
  • Base de Cálculo;
  • Alíquota;
  • Parcela dedutível;
  • Imposto a pagar.

Esses serão os termos que usarei de base no meu imposto de renda dessa simulação, ele vai servir de base para você.

O primeiro critério a se avaliar para entender é o rendimento, esse é o que você recebeu durante todo o ano anterior. Nesse exemplo usarei o valor de R$40.000,00, se seu rendimento diferir para menos, é só alterar. Caso seu rendimento seja maior que esse, haverá uma diferença que explicarei em breve.

O segundo critério é a dedução, que diz respeito aos gastos como saúde, previdência privada e educação, eles serão abatidos do seu imposto.

Para resumir, se você optar pela dedução simplificada, 20% do seu rendimento será abatido na hora do cálculo do imposto de renda, mas caso queira fazer a dedução completa, terá que anexar todos os comprovantes de gastos com saúde, previdência e educação.

Consideraremos a dedução simplificada, pois ela é a mais utilizada. Então 20% do valor será abatido, então o rendimento deixa de ser R$40.000,00 e passa a ser R$32.000,00, e esse valor representará a base de cálculo.

Estamos quase finalizando todo o processo de como se calcula o imposto de renda.

O quarto critério da lista é a alíquota, que é a porcentagem do rendimento que será pago em impostos. Vou colocar uma tabela com esses valores abaixo para lhe auxiliar, em seguida já seguimos entendendo como se calcula o imposto de renda.

Base de cálculoAlíquotaParcela a deduzir
Até R$1.903,98IsentoIsento
De R$1.903,99 até R$2.826,657,5%R$ 142,80
De R$2.826,66 até R$3.751,0515% R$ 354,80
De R$3.751,06 até R$4.664,6822,5%R$ 636,13
Acima de R$4.664,6827,5%R$ 869,36

Essa tabele se refere a valores mensais, como o rendimento que obtivemos foi do valor anual, é só dividir os R$32.000,00 por 12 (meses). Feito isso, o valor médio mensal obtido será de R$2.666,66.

Quando olhamos a tabela o valor obtido se encaixa na segunda coluna, com alíquota de 7,5%, portanto, esse é o valor de imposto que será pago, mas calma!

Definida a alíquota em 7,5% de R$32.000,00 (rendimento), teremos o valor de R$ 2.400,00, é daqui que vamos para o quinto e penúltimo passo para sairmos entendedores de como se calcula o imposto de renda.

O quinto critério da lista é a parcela dedutível (ou parcela a deduzir). Perceba que na tabela acima, todo valor de alíquota tem uma “parcela a deduzir” correspondente. Essa parcela nada mais é do que um desconto que é dado.

Então, quando a alíquota é de 7,5% a parcela a deduzir é de R$142,80. Como já citei que o valor é mensal, é só multiplicar por 12 para ter o valor anual, que nesse caso será de R$1.713,60. Esse é o valor é sua parcela dedutível.

O sexto e ultimo critério chegou, é hora de calcular o imposto a pagar, para isso, é só pegar os R$2.400,00 da alíquota, menos os R$1.713,60 da parcela dedutível.

O valor de imposto de renda declarado por alguém nesses parâmetros será de R$686,40. E aqui está a fórmula de como se calcula o imposto de renda.

Quando estiver confuso se perguntando “como é que calculo meu imposto de renda?!”, é só ler esse post que a solução estará aqui.

No início desse tópico eu disse que esse valor era base para cálculo, se sua renda anual for nessa base, não haverá diferença na fórmula do cálculo. Se os valores forem maiores, é só aplicar a alíquota e parcela dedutivel correspondente.

Uma observação sobre a dedução simplificada é que ela tem um limite, ela é de até 20% desde que não ultrapasse R$ 16.154,34, que é o limite de dedução.

Caso 20% do seu rendimento seja maior que esse valor, ele será fixado em R$16.154,34.

E aqui aprendemos o passo-a-passo de como se calcula o imposto de renda, fazendo o cálculo do imposto de renda pessoa física.

Como Calcular Imposto de Renda de Uma Empresa?

Vimos como se calcula o imposto de renda para pessoa física, e o processo é bem tranquilo quando se entende, mas aprender a como calcular imposto de renda de uma empresa já é um processo mais denso.

Quando se busca como calcular imposto de renda de uma empresa já se percebe que serão dois tributos, que é o imposto de renda e a contribuição social, as porcentagens (presunções) vão variar conforme o setor em que a empresa estiver inserida.

Existem impostos que devem ser apurados mensalmente, que são o pis (0,65%) e o cofins (3,0%). Após isso existe a apuração trimestral, onde o lucro total trimestral é multiplicado pela presunção para encontrar o valor em que será aplicado a alíquota do imposto de renda.

Caso a média mensal do seu lucro trimestral for superior a R$ 20.000,00, uma taxa de 10% será aplicada ao valor excedente e somado ao valor. E estamos ficando feras em entender como se calcula o imposto de renda.

O mesmo calculo será feito para contribuição social, de acordo com a alíquota do setor da sua empresa. E é dessa forma que se tem a base de como calcular imposto de renda de uma empresa.

Você pode saber como calcular o imposto de renda de uma empresa, mas é sempre recomendável ter um contador habilitado responsável por esse setor.

E aqui finalizamos com as informações sobre como se calcula o imposto de renda. Se tiver qualquer dúvida pode deixar nos comentários que na medida do possível nós responderemos.

Cleverton Ferreira

Ver comentários

Você também pode gostar

Como Ganhar Desconto na Hostinger – Transforme sua Presença Online com Vantagens Exclusivas

Se você está embarcando na jornada de construir sua presença online, escolher a hospedagem certa…

2 meses atrás

A Nova Reforma Tributária

Não é nenhuma novidade que o sistema tributário brasileiro é extremamente complexo de se entender.…

3 meses atrás

As 11 Moedas Mais Valorizadas do mundo

Nos últimos anos aconteceram vários eventos que geraram grandes impactos nas moedas mais valorizadas do…

5 meses atrás

Saiba Tudo Sobre a Nova Moeda Digital do Governo

Nos últimos meses circulou uma ideia de que uma nova moeda digital do governo seria…

6 meses atrás

Quase 13 bilhões de Lucro do FGTS 2023 Serão Distribuídos

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) decidiu através do seu conselho curador…

7 meses atrás

A Nova Reforma Tributária 2023 é Ruim?

A PEC da nova reforma tributária tem sido motivo de muita discussão nos últimos dias,…

7 meses atrás