O Pix Vai Ser Taxado em 2023? Veja o Que o Banco Central Diz | Meu Money

O Pix Vai Ser Taxado em 2023? Veja o Que o Banco Central Diz

Uma questão que começou a vir à tona e causar um grande barulho nas redes sociais e nas conversas neste início de ano foi a ideia de que o pix vai ser taxado.

Grande parte das pessoas sabia que haveriam algumas mudanças no pix a partir do janeiro, vamos entender quais são elas e se isso significa que o pix será taxado para transferências.

Transferir dinheiro pelo pix caiu na graça dos brasileiros, livre das taxações comuns para transações bancárias, surgiu um meio instantâneo de transferir dinheiro, e o melhor, de graça.

Milhões de transferências são realizadas por dia, em 6 de maio de 2022 mais 73 milhões de pix foram feitos, um recorde. Dá para notar que é muito dinheiro transacionado.

Muitos utilizam o pix como meio de receber pagamento em suas vendas e compras, por ser um meio seguro a adesão é rápida. Dessa forma, as pessoas pegam o seu dinheiro em segundos.

Mas com a ideia de que o pix vai ser taxado muita coisa está em risco. Vamos ver se é realmente isso que vai acontecer. Vejamos tudo sobre a taxação do pix.

Os tempos são bem tecnológicos e a grande maioria sabe o que é pix, mas pode ter gente que só soube da existência desse sistema agora pelas conversas de que o pix vai ser taxado. Então se você for um desses eu vou primeiro explicar o que é o Pix.

O Que é o Pix?

O PIX é um sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central do Brasil (BCB). Ele foi lançado em novembro de 2020 com o objetivo de facilitar e rápido realizar transações financeiras no país.

Com o PIX, é possível enviar e receber dinheiro, pagar contas, fazer compras e realizar outras transações financeiras de forma mais rápida e prática. O PIX é baseado em tecnologia de chave pública, o que significa que as transações são seguras e confiáveis.

Além disso, o sistema está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, o que permite realizar transações a qualquer momento. O PIX é uma alternativa a outros meios de pagamento, como cartões de crédito, débito e boletos bancários.

Agora que você entendeu o que é como funciona esse sistema, vamos descobrir se o pix vai ser taxado ou se não é bem assim que vai funcionar.

O Pix vai Ser Taxado em 2023?

o pix vai ser taxado 1

Quem é microempreendedor e atua como pessoa jurídica já sabe que algumas vendas comerciais específicas existe uma pequena taxação no pix para pessoa jurídica, em algumas instituições financeiras, isso vai variar de acordo com o banco utilizado.

Essa regra é antiga e todos já estão devidamente enquadrados nela, ou seja, muitos já sabem que há o custo pix para empresas. A questão é saber se o pix vai ser taxado para pessoas físicas e microempreendedores no geral, não se preocupe, o Banco Central já disse a resposta.

Mas agora, as regras que foram alteradas com relação ao pix foram as seguintes:

  • Todo o limite de pix que existia poderá ser enviado de uma só vez;
  • No caso da solicitação de alteração de limites: os bancos devem reduzir de imediato, caso requisitado;
  • No caso de aumento a autorização deverá ser autorizada em até 48 horas;
  • O horário noturno de limite vai ser definido pelo cliente do banco;
  • O pix saque e troco passou a ser R$3000 durante o dia, antes era R$500. A noite o valor máximo será R$1000.

Baseado nessas informações, já concluímos que as regras aplicadas no início do ano de 2023 não dizem que o pix será taxado, mas isso traz segurança e significa que a ideia de que o Pix vai ser taxado não vai ocorrer? Entenda como isso vai funcionar:

Com anúncio realizado no fim de agosto de 2021 através do Banco Central (BC) e publicada em diário oficial da união, o pix mão poderia ter nenhuma cobrança de tarifa para pessoas físicas.

Por meio de outro anúncio o pix poderá ser taxado, basta ser feito um projeto de lei nesse sentido para haver a taxação.

No momento não existe, mas se isso vai chegar a acontecer, nós teremos que esperar para ver as cenas dos próximos capítulos e como a nova direção do país pretende guiar essa questão.

Comente e diga o que achou!